Publicidade

Notícias

Ministério da Segurança anuncia criação de cinco centros de inteligência de combate ao crime organizado

Por: verdinha às 15:00 de 15/03/2018

Foto: Governo do Estado / Divulgação

Foto: Governo do Estado / Divulgação

O Ministério da Segurança anunciou nesta quinta-feira (15) que criará cinco centros de inteligências para combate ao crime organizado no país. O primeiro centro foi lançado em Fortaleza. Todas as unidades serão integrados a um centro nacional em Brasília.

O investimento na nova unidade de segurança será de R$ 2 milhões. O prédio onde funcionará o equipamento foi cedido pelo governo do estado do Ceará. A contratação e manutenção de pessoal serão bancados pelos estados nordestinos e também pelo governo cearense. A localização e o número de agentes que irão atuar ainda não foram divulgados.

O lançamento foi feito pelo ministro Raul Jungmann e ocorreu no Palácio da Abolição. Também estiveram presentes o diretor-geral da Polícia Federal, Rogério Galloro, e o presidente do Congresso Nacional, Eunício Oliveira.

Chacinas marcam onda de violência no Ceará

Somente no ano de 2018 o estado cearense sofreu quatro chacinas, com um total de 35 mortes, e vive um crise na segurança pública. A última chacina aconteceu na última sexta-feira (9), onde 7 pessoas foram mortas no bairro Benfica, após um série de ataques. A polícia suspeita que as mortes foram ocasionadas pela briga entre facções no Estado.

Outras três chacinas haviam ocorrido também neste ano no Estado. A primeira, em Maranguape no dia 7 de janeiro, com quatro pessoas mortas. A segunda, ocorreu no bairro Cajazeiras, com 14 mortos na madrugada do dia 27 de janeiro. A terceira na Cadeia Pública de Itapajé, onde dez detentos foram assassinados por outros internos.

 

 

Comentar

Identificação

Se estiver com pressa, conecte-se a uma dessas redes para preencher seu cadastro.


Comentários(0)