Publicidade

Notícias

Campanhas de prevenção contra o mosquito da dengue aumentam, devido ao período de chuvas

Por: verdinha às 16:33 de 12/01/2018

Foto: Nah Jereissati

Foto: Nah Jereissati

A estação pré-chuvosa já deu indícios do seu início nesse mês. Com isso, a prevenção da proliferação do Aedes Aegipty, ou mais popularmente conhecido como mosquito da dengue, é um dos principais cuidados que a população cearense deve ter.

A Secretaria de Saúde do Ceará reforçou esse alerta para a população evitar o acúmulo de água parada que não pode ser protegida, nesse período de chuvas que está por vir. Ano passado, no Estado, foi registrado um número de 24.891 casos de dengue, sendo 119 graves e 21 acabando em óbito. Os casos de chikungunya chegaram a 99.984, com 162 óbitos. O Zika Vírus teve 571 registros, com 88 casos em gestantes.

A importância de evitar a água parada, seja em casa ou qualquer outro canto, se da por conta do mosquito ter um enorme poder de reprodução. Ele consegue sobreviver por mais de um ano, mesmo que o local onde foi depositado estiver seco. As fêmeas põe os ovos e logo no primeiro contato com a água eles eclodem, viram larvas, pupas e depois o mosquito adulto. Dentro de um período de 8 dias, o mosquito vira adulto e sai.

Cuidados a tomar

Separar os lixos e colocá-los na rua somente na hora da coleta

– Evitar acumulo de resíduos em locais públicos (calçadas, praças, meio-fio)

– Limpar calhas

– Vedar recipientes que possam acumular água (pneus, potes, barris, caixas d’água)

 

Comentar

Identificação

Se estiver com pressa, conecte-se a uma dessas redes para preencher seu cadastro.


Comentários(0)