Publicidade

Notícias

Camilo Santana e Ciro Gomes mostram alinhamento de ideias em convenção conjunta do PDT

Por: verdinha às 9:40 de 13/10/2017

Foto: Kleber A. Gonçalves/Diário do Nordeste

Foto: Kleber A. Gonçalves/Diário do Nordeste

O governador, Camilo Santana, e o pré-candidato à presidência da República pelo Partido Democrático Trabalhista (PDT), Ciro Gomes, participaram de uma convenção conjunta, nesta quinta-feira (12), onde mostraram um alinhamento de ideias políticas. O encontro, que contou ainda com a presença do prefeito Roberto Cláudio, serviu também para que fosse dado um direcionamento de para quem irá o apoio do petista para as eleições presidenciais do próximo ano.

Apesar disso, mesmo com todos os pedetistas presentes firmando acordos com Camilo, não ficou claro sobre quem o governador do Estado deve apoiar em 2018. Enquanto os membros do PDT lançam a pré-candidatura de Ciro à presidência, integrantes do Partido dos Trabalhadores (PT) pretendem apoiar uma possível candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que tem o nome envolvido em alguns escândalos políticos.

Ambos os políticos trouxeram em seus discursos questões relacionadas a problemas políticos e socioeconômicos pelos quais o Brasil tem passado nos últimos meses. Além disso, ressaltaram que o Ceará vem, apesar da crise instaurada no Brasil, superando os obstáculos, por meio das ações do Governo. Apesar de o alinhamento com relação ao candidato presidencial ter ficado em aberto, Camilo exaltou Ciro, afirmando que o presidenciável pode ser responsável por um momento de crescimento do País.

Ainda no discurso, o governador ressaltou que o alinhamento entre PDT e PT tem sido muito positivo para o Estado: “estamos juntos para continuar construindo esse projeto de sucesso com todos os desafios em que se encontra no Ceará. Estamos construindo uma nova plataforma para o Estado, que vai gerar mais oportunidades e justiça social para os que mais precisam”.

Ciro Gomes, por sua vez, também elogiou o governador do Ceará e seu mandato, além de criticar indiretamente alguns adversários políticos. Falou dos 14 milhões de desempregados que o Brasil possui atualmente e sobre os outros problemas que a violência gera. Afirmou, inclusive, que os atos violentos que têm matado especialmente jovens negros em várias partes do país são comandados de dentro das prisões por facções criminosas de São Paulo e que é fundamental que a população reivindique por seus direitos, por meio de atos populares.

Ele ressaltou, ainda, o apoio a Camilo, dizendo que a população cearense deve dar outra oportunidade para que o governador dê continuidade ao trabalho: “A capacidade de diálogo de Camilo é tão generosa que até espertalhões da política, que já deviam se aposentar, exploram a boa-fé para planejar traí-lo pelas costas. Mas antes de chegar esse punhal, estaremos ao seu redor, não duvide disso”.

Comentar

Identificação

Se estiver com pressa, conecte-se a uma dessas redes para preencher seu cadastro.


Comentários(0)