Publicidade

Notícias

Crimes Violentos Letais Intencionais no Ceará crescem 86,3% no mês de julho

Por: verdinha às 10:07 de 12/08/2017

Foto: Agência Diário

Foto: Agência Diário

Os números relacionados à violência no Estado do Ceará têm aumentado constantemente. Apesar dos recentes investimentos na área, especialmente no que diz respeito à Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no mês de julho foi registrado um crescimento de 86,3% na quantidade dos chamados Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs, que correspondem a latrocínios, lesões corporais seguidas de morte e homicídios), se comparado ao mesmo período do ano passado.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), em julho de 2016, foram 255 ocorrências de CVLIs. Já neste ano, o número chegou a 475, quase o dobro do ano anterior. Com isso, o índice do período em 2017 é o maior desde o ano de 2013, ano em que a SSPDS começou a contabilizar as CVLIs e foi lançado o programa “Em Defesa da Vida”, para realizar ações de combate à violência.

Durante reunião do Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICCR), na última sexta-feira (11), foi divulgado que a Região Metropolitana de Fortaleza foi a localidade com o maior número de vítimas: os municípios que formam a região tiveram 135 mortes, um aumento de 164,7% em relação a julho do ano passado (51 mortes). Somente na Capital foi registrado um crescimento de 114% de julho de 2016 para o mesmo mês de 2017: de 86 CLVIs, passou para 184 casos. No Interior Norte também foi percebido um aumento no período, de 71,7%: 53 registros em 2016 e 91 em 2017. A única localidade que não foi notado crescimento no número de crimes foi o Interior Sul, com o índice se mantendo em 65 casos nos dois anos.

Entre janeiro e julho de 2017, foram registrados 2.774 homicídios, número que representa um incremento de 38,8% em relação ao mesmo período do ano passado (1.998 mortes).

Crimes Violentos Contra o Patrimônio (CVP)

Com relação aos CVPs 1, o que inclui o roubo à pessoa e o roubo de documentos, foram contabilizados 5.673 casos em julho deste ano, contra 4.602 do ano passado. Já os CVPs 2 (roubo de carga, roubo à residência e roubo de veículo) tiveram um aumento de 23,5%, com 1.105 ocorrências no mês passado e 895 em julho de 2016.

Comentar

Identificação

Se estiver com pressa, conecte-se a uma dessas redes para preencher seu cadastro.


Comentários(0)