Publicidade

Notícias

“Epidemia de peste bubônica é praticamente impossível de ocorrer”, explica infectologista

Por: verdinha às 13:57 de 16/06/2017

A orientação é direcionada para agentes de saúde. Foto: Agência Diário

Medidas de saneamento são indicadas para evitar casos da doença. Foto: Agência Diário

A Secretaria de Saúde do Ceará (Sesa) emitiu alerta para profissionais da área com orientações de procedimento em caso de infecções pela peste bubônica, mas o risco de uma epidemia da doença conhecida como peste negra, conforme o médico infectologista Roberto da Justa, é praticamente zero. “O Sistema de Vigilância está funcionando e alertando aos profissionais de saúde de uma maneira geral que, sim, a bactéria está entre nós, mas muito excepcionalmente poderá ocorrer um caso entre humanos”, assegura o infectologista.

“Nós já tivemos epidemia de peste bubônica no Ceará, em Fortaleza mesmo, mas isso nos idos do século XVIII e na primeira metade do século XIV. A peste humana hoje não chega a ser uma ameaça. Se houver casos, seriam isolados e ainda assim hoje nós temos tratamento efetivo contra a peste bubônica”, esclarece Justa. O médico ressalta, entretanto a necessidade de um diagnóstico precoce para a eficaz  administração de antibióticos.

O alerta da Sesa foi direcionado a agentes de saúde de 42 cidades do Estado, principalmente da regiões serranas, onde o clima é mais ameno e favorável para a proliferação da bactéria da peste, Yersínia pestis, transmitida por roedores. O último caso da doença no Ceará foi registrado em 2005 no município de Pedra Branca. “A Nota Técnica é um documento de atualização da conduta dos profissionais e uma forma de lembrá-los que é importante manter a vigilância epidemiológica o ano inteiro. Ou seja, trata-se de uma rotina comum para o controle epidemiológico, considerando ainda que há a rotatividade dos profissionais de saúde”, explica a Secretaria de Saúde.

>>> Confira os sintomas da doença

Ouça entrevista do repórter Márcio Dornelles:

Comentar

Identificação

Se estiver com pressa, conecte-se a uma dessas redes para preencher seu cadastro.


Comentários(0)