Publicidade

Notícias

Ampliação do tempo de curso pode atingir também odontologia, enfermagem e outros, estuda MEC

Conselho Nacional de Educação (CNE) analisa a adoção das medidas para esses outros profissionais

Por: verdinha às 11:44 de 10/07/2013

Foto: Diário do Nordeste

Foto: Diário do Nordeste

O aumento em dois anos na duração da graduação para que o estudante trabalhe no Sistema Único de Saúde (SUS) pode não ficar restrito apenas aos médicos. Os cursos de Odontologia, Psicologia, Nutrição, Enfermagem e Fisioterapia podem também fazem parte do programa do governo federal, de acordo com informação do secretário de Educação Superior do Ministério da Educação (MEC), Paulo Speller, para o jornal o Estado de São Paulo.

O Conselho Nacional de Educação (CNE) analisa a adoção das medidas para esses outros profissionais. No entanto, não há prazo para divulgação de uma decisão formal.

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, no entanto, afirmou que, no momento, a prioridade do programa são os estudantes de medicina. A informação foi dada no programa “Bom dia, ministro”, da EBC, nesta quarta-feira (10).

O “Mais Médicos” aumenta o curso de medicina de 6 para 8 anos, com a finalidade de direcionar o estudante para trabalhar, por dois anos, no SUS. Essa medida passa a valer apenas em 2015.

Ouça trecho de entrevista com o ministro Alexandre Padilha:

É necessário ter a última versão do Adobe Flash Player para a visualização desse player.

Comentar

Identificação

Se estiver com pressa, conecte-se a uma dessas redes para preencher seu cadastro.


Comentários(0)