Publicidade

Notícias

Dilma cita metrô de Fortaleza em debate e causa polêmica nas redes sociais; veja atual situação do projeto

Por: verdinha às 13:55 de 20/10/2014

Foto: José Leomar

Foto: José Leomar

O debate entre os presidenciáveis Aécio Neves (PSDB) e Dilma Rousseff (PT), na TV Record no último domingo (20), causou diversos comentários entre os cearenses nas redes sociais sobre a conclusão do Metrô de Fortaleza (Metrofor). Candidata à reeleição, Dilma citou a obra como concluída no debate. “O trem urbano de Porto Alegre foi concluído. O metro do Rio, de Fortaleza, de Recife e Salvador também”, disse a candidata.

O Metro de Fortaleza é um projeto criado em 25 de setembro de 1987 em parceria com o Ministério dos Transportes e o Governo Federal. O projeto, que já tem 27 anos, passou por diversas modificações para atender a constante demanda da sociedade. Atualmente, ele é constituído por 3 linhas de metrô e uma de Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT).

Para esclarecer a situação, a Redação Web da Rádio Verdes Mares mostra agora a situação de cada parte do projeto:

Linha Sul: Fazendo o percurso de Pacatuba para Fortaleza, a Linha Sul já está em funcionamento e atende, diariamente, milhares de cearenses que se deslocam entre a Capital e a Região Metropolitana. Com um percurso de 24,1 km, a Linha Sul passou 2 anos em operação assistida, por meio da qual os usuários utilizavam a linha sem pagar. Em outubro deste ano, iniciou a operação comercial e os passageiros começaram a pagar R$ 2,20 a inteira e R$ 1,10 a meia estudantil.

A abertura das estações é às 6h30 e o fechamento às 19h, com funcionamento de segunda-feira a sábado. O percurso da linha chega a ser feito em 20 minutos. Para diminuir ainda mais o percurso, o Metrofor explica que a Linha Sul receberá equipamentos de comunicação, bilhetagem e ventilação, além de mais duas novas estações e, depois disso, a previsão é que a Linha Sul passe operar das 5h30 às 23h.

Linha Oeste: Com 19,4 km de extensão e um percurso que vai de Caucaia a Fortaleza, a Linha Oeste funciona há 20 anos como trem e o Governo Federal anunciou, em 2013, um investimento de R$ 1,2 bilhão para modernizar a linha e trocar o trem pelo metrô, diminuindo o tempo do trajeto que o usuário faz. A linha opera atualmente de 5h30 da manhã às 20h25, de segunda a sábado.

Linha Leste: O percurso da Linha Leste vai do Centro de Fortaleza ao Fórum Clóvis Beviláqua, no bairro Edson Queiroz. O projeto foi feito em 2000 e está atualmente em construção, tendo previsão para conclusão em seis anos, ou seja, em 2019. A linha terá 12,4 km de extensão e com trajeto quase todo subterrâneo. A ordem de serviço da Linha Leste foi assinada pela presidente Dilma Rousseff no dia 22 de novembro de 2013 e a verba direcionada para as obras é de cerca de 3,5 bilhões, um investimento do Governo Federal e Estadual em conjunto.

Ramal Mucuripe/Parangaba: O trajeto será atendido por um Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT), com 12,7 km de extensão, sendo 11,3 km em superfície e 1,4 km em elevado. O VLT cruzará 22 bairros e atenderá cerca de 100 mil pessoas por dia, quando estiver pronto. As obras, que deveriam estar 50% concluídas na época da Copa, estão paradas desde maio de 2014 e aguardam outro processo licitatório para continuar o projeto.

O Metrofor afirmou que o projeto completo vai sendo aumentado, modernizado e investido com base na demanda da população.

Confira imagem do Metrofor completamente:

metro

Crédito: Divulgação

Tags:

Comentar

Identificação

Se estiver com pressa, conecte-se a uma dessas redes para preencher seu cadastro.


Comentários(0)