Publicidade

Esportes

Grupos para a prática de ciclismo são cada vez mais comuns em Fortaleza

Por: verdinha às 8:53 de 11/06/2013

Grupo Super 20 se reúne para praticar ciclismo. Foto: Divulgação

Grupo Super 20 se reúne para praticar ciclismo. Foto: Divulgação

A prática de ciclismo em Fortaleza é comumente feita por grupos de adeptos da modalidade. Ávidos pelo esporte, ciclistas se reúnem, partem de diversos locais e percorrem as ruas da Capital com diversas propostas. A servidora pública Judite Ramos, 48, desde o começo dos anos 90 participa de grupos de ciclismo em Fortaleza. Para ela, a bicicleta sempre foi uma paixão e uma chance de praticar um exercício físico, já que nunca se deu bem com academia.

Apesar de sentir falta da época em que podia respirar liberdade andando pelas ruas sozinha sobre duas rodas, ela se diz viciada em praticar ciclismo com grupos. Atualmente, participa de 3 deles, de segunda à sexta.”Apesar da violência e a insegurança, eu só tenho tempo para andar à noite. Andando em grupo, a gente se despreocupa e ainda tem contato com colegas”, afirma.

Já o administrador de empresas Antônio Borges, 35, prefere fazer passeios em conjunto todos os domingos, às 6h da manhã. O envolvimento com a bicicleta vem desde a época em que morava no Piauí, onde trabalhou em uma empresa que fabricava o meio de transporte.

Para Borges, as grandes vantagens de integrar um grupo de ciclismo há 2 anos são o aprendizado e a segurança.”O grande trunfo para mim é o aprendizado de como pedalar corretamente. Se acontece alguma coisa, como quebrar a bicicleta, tem o apoio do grupo”, ressalta.

Confira alguns grupos de ciclismo:

Fortal Bike

O grupo organizado por Fernando Fernandes é recomendado para quem está começando a prática do ciclismo. Segundo ele, o Fortal Bike reúne de  60 a 100 pessoas por passeio e possui cerca de 2000 pessoas envolvidas, percorrendo, em média, 20km em cada trecho. Para o passeio, serve qualquer tipo de bicicleta, apenas é recomendado o uso de capacete. No roteiro, bairros como Cidade 2000 e Cambeba. O grupo conta com carro de apoio, caso alguém queira descansar durante o passeio, e batedores, que têm a função de sinalizar o passeio e dar segurança ao ciclista.

Onde: Av. Washington Soares, 2565
Quando: sextas-feiras, às 20h
Quanto: R$2. Se for preferência, o aluguel da bicicleta custa R$20 por passeio.
Mais informações: 97145472 ou pelo Facebook

Super 20

Se a proposta for mais radical, o Super 20, também organizado por Fernando Fernandes, reúne-se todos os domingos às 6h da manhã para fazer trilhas por locais como Eusébio e Aquiraz. O grupo reúne, em média, 40 participantes por passeio. O ideal é que o ciclista use uma moutain bike adequada para trilhas, com pneu com biscoitos e suspensão dianteira, segundo Fernando. É essencial o uso do capacete.

Onde: Av. Whasington Soares, 2565
Quando: domingos, às 6h da manhã
Mais informações: 97145472, pelo Facebook ou pelo blog do Super 20

Itaoca Ciclo

O grupo, segundo o organizador Francisco de Assis, reúne cerca de 50 pessoas 3 vezes por semana e tem algumas rotas definidas, como a Avenida Beira-Mar e o Lago Jacareí. Os percursos variam de 20 a 50km. Organizador orienta o uso de capacetes, luvas e lanterna e uma bicicleta leve, que facilite a troca do pneu, caso seja necessário.

Onde: Rua Equador, 890 – Itaoca
Quando: segundas, quartas e sextas, às 19h30
Quanto: R$2. O aluguel da bicicleta é R$15
Mais informações: 3232126 ou pelo Facebook

Massa crítica

O movimento que existe em cidades ao redor do mundo, como São Franciso, nos EUA, e Madri, na Espanha, reúne-se em Fortaleza sempre na última sexta-feira de todo mês. A intenção do grupo é propor melhorias para os ciclistas. Segundo Lucas Landim, um dos participantes,  o movimento já chegou a reunir cerca de 100 pessoas. O roteiro é definido na hora, de acordo com demandas e problemas de ciclistas pela cidade, com o uso de faixas e cartazes. Os percussos são em média de 18 km por passeio.

Onde: Praça da Gentilândia – Benfica
Quando: na última sexta-feira de cada mês, às 19h
Mais informações: pelo site do Massa Crítica ou pelo Facebook

Comentar

Identificação

Se estiver com pressa, conecte-se a uma dessas redes para preencher seu cadastro.


Comentários(0)