Esporte

Gomes Farias lembra três narrações históricas de sua carreira na Verdinha; ouça entrevista

Por: verdinha às 9:30 de 11/06/2013

Locutor se prepara para mais um grande evento: a Copa das Confederações

Locutor se prepara para mais um grande evento: a Copa das Confederações

O radialismo esportivo, para Raimundo Gomes Farias, é uma vida. São mais de 50 anos narrando jogos, 42 deles dedicados à Rádio Verdes Mares. O radialista, hoje com 76 anos de idade, comanda o programa ‘Atualidades Esportivas’, na Verdinha, de segunda a sábado, das 12h às 13h.

Ao longo de tantas décadas, três jogos ficam latentes na memória de Farias. Dentre eles, o que primeiro lhe vem à cabeça é o confronto entre Ceará e Confiança, time sergipano. O narrador até se esforça, mas não lembra em qual ano se realizou o jogo. Sabe apenas que foi há muito tempo, em uma partida da Taça Brasil, antiga competição que aconteceu de 1959 a 1968.

Na ocasião, tamanha era a rivalidade entre os dois times que Farias e sua equipe tiveram de fugir às pressas de Aracaju para não correr, segundo ele, risco de vida.

O narrador, dentre os grandes episódios de sua carreira, também destaca a decisão da Copa do Mundo de 1998, na França, entre Brasil e a seleção anfitriã. Para ele, foi difícil ter de engolir o grito do pentacampeonato mundial da seleção brasileira, graças à brilhante atuação de Zinedine Zidane, que fez dois dos três gols da partida e deu o título mundial à seleção francesa.

Por outro lado, a maior felicidade que ele teve ao narrar um gol foi quando Tiquinho, do Ceará, marcou o único gol do jogo contra o Fortaleza e conquistou o épico tetracampeonato cearense para o vozão em 1978.

Escute os comentários de Gomes Farias sobre os episódios marcantes de sua carreira

É necessário ter a última versão do Adobe Flash Player para a visualização desse player.