Publicidade

Esportes

Fortaleza enfrenta lanterna Sampaio Corrêa buscando quebrar sequência sem vitórias na Série B

Por: verdinha às 9:28 de 14/09/2018

Foto: Diário do Nordeste

Foto: Diário do Nordeste

O Fortaleza enfrentará o Sampaio Corrêa, nesta sexta-feira (14), em partida válida pela 27ª rodada da Série B. As equipes ocupam posições diametralmente opostas na tabela da competição: o Leão é o líder, com 47 pontos, enquanto a Bolívia Querida é a lanterna, com 22 pontos.

Nos últimos cinco jogos, porém, os resultados não foram tão diferentes: o Tricolor conseguiu uma vitória, um empate e três derrotas, enquanto o time maranhense teve uma vitória, dois empates e duas derrotas.

LEIA MAIS: Ceará promove vacinação contra a pólio e sarampo; Fortaleza incentiva torcedores

Histórico

Em toda a história, os clubes se enfrentaram 31 vezes, das quais 23 foram partidas da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro, entre as Séries A, B e C. Nelas, o retrospecto é favorável ao Leão: foram 12 vitórias do Fortaleza, seis do Sampaio e cinco empates.

primeiro jogo oficial pelo Brasileirão aconteceu no dia 8 de outubro de 1972, pela Série B. Naquela ocasião, o time maranhense venceu por 1 a 0, resultado que se repetiu nos dois encontros subsequentes (um pela Série B, também em 1972, e outro pela Série A, em 1977).

histórico na Série B também é favorável ao Leão: dos sete jogos, foram cinco vitórias do Fortaleza, duas do Sampaio Corrêa e um empate. O último embate aconteceu em junho deste ano, quando o Tricolor do Pici venceu por 1 a 0, com gol de Gustavo.

maior sequência de invencibilidade pertence também ao time cearense. O Fortaleza passou seis jogos sem saber o que era derrota para o adversário desta noite, entre os anos de 2000 e 2007: foram cinco vitórias e um empate, entre Brasileirão Série B e Copa do Brasil.

No confronto, não há histórico de grandes goleadas, com a maior diferença no placar sendo de três gols. Em duas ocasiões, o Tricolor aplicou 3 a 0 sobre o Sampaio: em novembro de 2001, pela Série B; e em junho do ano passado, pela Série C.

Como as equipes chegam para a partida

Sampaio Corrêa

A última partida da Bolívia Querida aconteceu no sábado passado (08), contra a Ponte Preta, no Estádio Moisés Lucarelli. Depois de dois resultados adversos consecutivos (contra CRB e Brasil de Pelotas), os visitantes conseguiram ficar no empate em 0 a 0 com a equipe paulista. Mesmo assim, os maranhenses possuem o segundo pior desempenho da competição, considerando os últimos seis jogos.

Os donos da casa chegam para a partida com muitos desfalques: três zagueiros cumprirão suspensão na partida desta sexta e dois outros que estão lesionados. Contra a Ponte Preta, Odair Lucas foi expulso e Maracás tomou o terceiro amarelo, assim como Fredson, mas este último foi punido sem entrar em campo, por reclamação.

Além disso, Joécio havia conseguido se recuperar de uma lesão muscular na semana passada, mas teve problemas no mesmo local e está fora do confronto de logo mais. Rogério foi diagnosticado com uma lesão de grau um no adutor da coxa e também não jogará contra o Fortaleza.

Outra ausência será o volante Adilson Goiano. Assim, a equipe terá apenas um zagueiro à disposição (Silas, jogador da categoria de base do clube), e o técnico Marcinho Guerreiro terá que improvisar um dos volantes disponíveis (Willian Oliveira, César Sampaio ou Silva) na posição.

Segundo o site Chance de Gol, o Sampaio tem 92% de possibilidade de ser rebaixado novamente para a Série C. O time é dono do quarto pior ataque da Segundona, com 21 gols marcados, e da quarta pior defesa, com 33 gols sofridos, de acordo com o FutDados.

Além disso, a equipe é a segunda pior mandante do campeonato, perdendo apenas para o Juventude, com 13 pontos em 13 jogos (três vitórias, quatro empates e três derrotas), 13 gols marcados e 16 sofridos e um aproveitamento de 33,33%.

Dessa forma, a provável escalação da equipe é: Andrey; Luis Gustavo, Silva, César Sampaio, Alison; William Oliveira, Fernando Sobral; Bruninho, Eloir, João Paulo; Uilliam.

Fortaleza

O Leão chega para a partida com o mesmo problema de desfalques. Oito atletas estarão fora da partida de logo mais: três por suspensão (Igor Henrique e Pablo, por terem sido expulsos contra o Criciúma, e Diego Jussani, por ter recebido o terceiro amarelo) e cinco por lesão (Matheus Inácio, com lesão nos ligamentos do joelho, Anderson Uchôa, que ainda não atuou na Série B com fascite plantar, Nenê Bonilha e Marlon, com lesão na coxa, e Jean Patrick, com lesão no púbis e sem previsão de volta).

Na última partida, disputada também no sábado passado, o Fortaleza perdeu para o Criciúma, fora de casa, por 2 a 0. Esse foi o oitavo jogo consecutivo em que o Tricolor levou gol (a última vez que não sofreu gols foi contra o Juventude, em julho), além de ter sido o primeiro em quase dois meses em que não conseguiu marcar (a última vez havia sido em julho, no empate sem gols contra o CSA).

Em situação completamente contrária a do adversário desta noite, segundo o site Chance de Gol, o Fortaleza tem 91,2% de chances de conquistar o acesso para a Série A neste momento, além de ter 53% de probabilidade de ficar com o título da Segundona.

Após a derrota, de virada, do CSA para o Vila Nova por 2 a 1, na última terça-feira (11), a equipe tricolor não tem mais chances de perder a liderança nesta rodada.

O desempenho nos últimos seis jogos preocupa: é o sexto pior do campeonato, com duas vitórias, um empate e três derrotas, oito gols marcados e 11 sofridos (38,89% de aproveitamento), de acordo com o site FutDados.

Apesar de um dos principais problemas das últimas partidas ter sido com a defesa, o Leão ainda é a quarta melhor equipe da competição no quesito, com 26 gols sofridos, além de ainda ter o melhor ataque, com 39 gols marcados.

O aproveitamento como visitante também não é dos melhores: é o sexto da Série B, com cinco vitórias, três empates e cinco derrotas, 16 gols marcados e 15 sofridos (46,15% de aproveitamento).

Assim, o provável time titular é composto por: Marcelo Boeck; Tinga, Roger Carvalho, Ligger, Bruno Melo; Derley, Felipe, Dodô e João Henrique; Ederson (Romarinho) e Gustavo.

A partida entre Sampaio Corrêa e Fortaleza acontecerá logo mais, às 21h30, no Estádio Castelão de São Luís.

Comentar

Identificação

Se estiver com pressa, conecte-se a uma dessas redes para preencher seu cadastro.


Comentários(0)