Publicidade

Esportes

Última fase de venda de ingressos para Copa começa nesta quarta-feira (18)

Por: verdinha às 12:47 de 18/04/2018

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

A partir das 6h (de Brasília, meio-dia em Moscou) desta quarta-feira (18), a Fifa liberou a última fase de venda de ingressos para a Copa do Mundo 2018. A comercialização acontece no site da federação e seguirá até o final do torneio. Todas as entradas compradas nas duas primeiras fases de venda serão entregues de forma gratuita, em abril e maio.

De acordo com a Fifa, já foram vendidos 1.698.049 ingressos, desde setembro de 2017 até hoje. Desse total, cerca de 47% (796.875) foram solicitados por russos. Em seguida, vem Estados Unidos, com 4% (80.161), e Brasil, com 3% (65.863). Fecham o top-10 Colômbia (60.199), Alemanha (55.136), México (51.736), Argentina (44.882), Peru (38.544), China (36.841), Austrália (34.628) e Inglaterra (30.711).

Modalidades de compra

Na hora da compra, existem três opções que podem ser efetuadas: por sede, por seleção ou partidas individuais. No caso da compra por sede, os torcedores obtém ingressos para todas os jogos de uma mesma cidade, com exceção do jogo de abertura e das três últimas fases de mata-mata (quartas de final, semifinais e final). Na opção por seleção, os compradores podem adquirir bilhetes para ver o mesmo time em até sete jogos, quantidade máxima de partidas que uma seleção pode disputar no Mundial, caso chegue à final.

Preços

Existem quatro modalidades de preços para quem deseja assistir os jogos da Copa do Mundo da Rússia da arquibancada: três para quem não reside no país e uma exclusiva para os moradores do local-sede. Na categoria 1 (mais cara), os ingressos custam entre US$ 210 (R$ 653) e US$ 1.100 (R$ 3.423); na categoria 2, os preços variam entre US$ 165 (R$ 513) e US$ 710 (R$ 2.210); na categoria 3 (mais barata para estrangeiros), os valores dos bilhetes vão de US$ 105 (R$ 326) a US$ 455 (R$ 1416). Já os da categoria 4, para os residentes na Rússia, custam de 1.280 rublos (R$ 69) a 7.040 rublos (R$ 380).

Fan-ID

Os torcedores que comparecerem aos estádios para assistir os jogos da Copa do Mundo precisarão solicitar o Fan ID, documento similar a um passaporte de identificação. É necessário apenas um Fan ID por pessoa para toda a competição. Caso o torcedor não esteja portando o documento, terá a entrada no estádio vetada. Além disso, o Fan ID serve como visto de entrada no país e como garantia de gratuidade no transporte público entre algumas das cidades-sede.

Países que compraram mais entradas para a Copa:

1) Rússia – 796.875 ingressos
2) Estados Unidos – 80.161 ingressos
3) Brasil – 65.863 ingressos
4) Colômbia – 60.199 ingressos
5) Alemanha – 55.136 ingressos
6) México – 51.736 ingressos
7) Argentina – 44.882 ingressos
8) Peru – 38.544 ingressos
9) China – 36.841 ingressos
10) Austrália – 34.628 ingressos

Comentar

Identificação

Se estiver com pressa, conecte-se a uma dessas redes para preencher seu cadastro.


Comentários(0)