Publicidade

Entretenimento

11 coisas que vão deixar saudades depois do fim de “A Grande Família”

Último episódio da série vai ao ar no próximo dia 11 de setembro

Por: verdinha às 10:29 de 04/09/2014

O último episódio da série “A Grande Família”, no ar há 14 anos, pela Rede Globo, será exibido no próximo dia 11 de setembro. Para se despedir do programa, a Redação Web da Rádio Verdes Mares listou 11 coisas que vão deixar saudades da família mais “unida e ouriçada” da TV brasileira.

Confira:

1. Figurino do Agostinho
Conhecido pela malandragem e pelos trambiques, uma das características mais peculiares de Agostinho (Pedro Cardoso) é o seu modo de se vestir. Com um figurino bastante original e confuso, o personagem veste-se de maneira exageradamente cafona, combinando camisas listradas com calças xadrez ou camisas de bolinhas com calças de cores berrantes.

agostinho

Foto: Divulgação/TV Globo

2. Pastelaria do Beiçola
A pastelaria mais famosa da TV brasileira também vai deixar saudades. Administrada por Beiçola (Marcos Oliveira), o estabelecimento é o ponto de encontro da maioria dos personagens e alvo constante da fiscalização sanitária de Lineu.

Foto: Divulgação/TV Globo

Foto: Divulgação/TV Globo

3. Erros de português do Paulão
Mecânico desleixado e mulherengo, Paulão (Evandro Mesquita) provoca gargalhadas no público com suas frases confusas e erros de português. Dono de pérolas como “Haja o que hajar” e “Desculpe chegar de chupetão”, o personagem é capaz de surtar qualquer professor de português.

Foto: Divulgação/TV Globo

Foto: Divulgação/TV Globo

4. Carrara Táxis Carrara
Após participar do quadro “Lata Velha”, do programa Caldeirão do Huck, Agostinho teve seu táxi antigo reformado e, empolgado, resolveu criar, junto com Paulão, sua própria frota: a Carrara Táxis Carrara. A empreitada, no entanto, já foi motivo de muita confusão na família Silva e só alcançou o sucesso financeiro após Bebel assumir o comando.

Foto: Divulgação/TV Globo

Foto: Divulgação/TV Globo

5. Beiçola se transformando na mãe, Dona Etelvina
Mesmo depois de morta, Dona Etelvina, a mãe de Beiçola, transformou-se numa espécie de alter-ego do pasteleiro. Quando o personagem perde o controle, se veste e age exatamente como a matriarca: usa uma peruca branca, vestido, óculos “fundo de garrafa” e apresenta um forte sotaque lusitano.

Foto: Divulgação/TV Globo

Foto: Divulgação/TV Globo

6. Jarra em formato de abacaxi da Dona Nenê
A jarra  em forma de abacaxi apareceu em todas as temporadas da série, sempre disposta nas mesas montadas pela matriarca da família Silva. O sucesso do objeto foi tanto que ele acabou se tornando um ícone e ganhou espaço em lojinhas de R$ 1,99 em todo o Brasil.

Foto: Divulgação/TV Globo

Foto: Divulgação/TV Globo

7. Jeito certinho do Lineu
Fiscal sanitário responsável e, muitas vezes, neurótico, Lineu (Marco Nanini) leva o trabalho e a família a sério. Pai de família exemplar, exerce autoridade sobre todos e é o único que não cai nas maracutaias de Agostinho, que vive o amolando e pedindo dinheiro emprestado.

Foto: Divulgação/TV Globo

Foto: Divulgação/TV Globo

8. Diversas profissões do Tuco
Conhecido por ser bastante preguiçoso para o trabalho, ao longo das temporadas, Tuco já fez um pouco de tudo. Trabalhou na frota de táxis de Agostinho, foi entregador de pizzas, DJ e ator em um programa humorístico. Na última temporada, o personagem passou em um concurso público para trabalhar como fiscal sanitário, assim como Lineu, mas acabou pedindo demissão pouco tempo depois.

Foto: Divulgação/TV Globo

Foto: Divulgação/TV Globo

9. Mudanças no visual da Bebel
Com o passar das temporadas, Bebel (Guta Stresser) foi a personagem que mais mudou em toda a sua trajetória, sem, no entanto, perder seu estilo próprio. A ex-cabeleireira e, hoje, empresária, deixou de ser uma jovem funkeira e começou a adotar uma postura de mãe de família e mulher bem sucedida – o que refletiu nos seus figurinos e cortes de cabelo, ao longo dos anos.

Foto: Divulgação/TV Globo/Gshow

Foto: Divulgação/TV Globo/Gshow

10. Seu Floriano
Seu Floriano, o pai de Nenê, é uma das grandes saudades da série. Vivido pelo ator Rogério Cardoso, que morreu em 2003, “Seu Flor”, como era carinhosamente chamado pela família, vivia às turras com Agostinho. Para homenagear o personagem, o filho de Bebel com o taxista, Florianinho (Vinicius Moreno), recebeu o nome do bisavô.

Foto: Divulgação/TV Globo

Foto: Divulgação/TV Globo

11. Música de abertura
“A Grande Família”, nome da música tema da série homônima, virou uma espécie de hino para as famílias brasileiras, que facilmente se identificaram com as situações vividas pela família Silva. A canção já foi gravada por Dudu Nobre, Ivete Sangalo e Zeca Pagodinho.

Imagem de Amostra do You Tube
Tags:

Comentar

Identificação

Se estiver com pressa, conecte-se a uma dessas redes para preencher seu cadastro.


Comentários(0)