Entretenimento

Exposição em Fortaleza retrata o cotidiano de crianças refugiadas no Oriente Médio

Por: verdinha às 14:41 de 14/12/2016

Foto :  Karine Garcêz

Foto : Karine Garcêz

A exposição fotográfica Infância Refugiada, da cearense Karine Garcêz, foi inaugurada no último 10, Dia Internacional dos Direitos Humanos, no Museu da Imagem e do Som e segue em cartaz até o dia 15 de fevereiro. As 25 imagens são resultado de viagens da autora em missões humanitárias a países como Síria, Turquia e Líbano.

Estudante de Relações Internacionais, a fotógrafa cearense contou com o apoio da Ong Al Wafaa Campaing, da Holanda, em suas idas aos campos de refugiados desde 2012.

Refugiados

O Conflito na Síria já gerou 4,9 milhões de refugiados, segundo dados do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados – ACNUR. Fora dessas estatísticas estão os refugiados palestinos/sírios, que são palestinos refugiados na Síria, devido a conflito em seu país, para onde não têm direito de retorno.

Em números, 3,5 milhões de crianças em situação de refúgio estão fora da escola, segundo o relatório, sendo a maior parte localizada em países como Chade, República Democrática do Congo, Etiópia, Quênia, Líbano, Paquistão e Turquia.